O Projeto

Acordos internacionais, leis, instruções normativas, decretos e projetos do governo federal recomendam que os órgãos federais, entre eles as universidades federais, adotem critérios de sustentabilidade (melhores preços, justiça social e preservação ambiental) em suas compras. O enorme capital mobilizado nas compras federais tende a direcionar os fornecedores a buscar, de forma efetiva, o atendimento aos princípios de sustentabilidade socioambiental e criar condições para uma vida mais equilibrada e saudável no Brasil.

A UFSC, em sintonia com os esforços do governo federal para consolidar a política de compra pública sustentável, procura  internalizar critérios promotores de desenvolvimento sustentável em suas aquisições e contratações, sem ferir os princípios da economicidade e da competitividade.

Neste contexto, foi desenvolvido o projeto: INCLUSÃO DE CRITÉRIOS AMBIENTAIS NAS COMPRAS E CONTRATAÇÕES DA UFSC, que propõe incluir, nas etapas pertinentes do fluxo de compras, critérios de sustentabilidade além dos econômicos correntes, em todas as modalidades de compras e contratações da UFSC. Além disso, o projeto objetiva a criação de um sistema informatizado que permita que todos os envolvidos no fluxo de compras e contratações utilizem os recursos e informações resultantes do trabalho desenvolvido.

O desenvolvimento do projeto observa as recomendações das normas ABNT de garantia da qualidade (ABNT ISO 9001 e 9004) e as principais atividades propostas por este são:

  • Busca por instituições e órgão públicos que sejam referência em compras sustentáveis no Brasil, a fim de trocar experiências e expandir os conhecimentos na área, além de consolidar parcerias;

  • Definição das modalidades de compras exercidas pela UFSC, estudando seus fluxogramas e identificando as etapas nas quais serão inseridos os critérios ambientais e sociais;

  • Promoção da participação ativa dos funcionários envolvidos no processo de compras, desde a recepção do pedido até o recebimento do mesmo no almoxarifado, através de palestras sobre temas relacionados ao meio ambiente e sua integração a grupos de trabalhos;

  • Definição dos requisitos de sustentabilidade a serem solicitados para as diversas categorias de materiais de consumo e permanente;

  • Criação de uma cultura de compras sustentáveis na UFSC através de diretrizes normativas e manuais que constituam uma memória a ser perpetuada pelos futuros gestores e funcionários da UFSC;

  • Criação de um sistema de auditoria interna na Divisão de Compras e Licitações que identifique possíveis inconsistências e subsidie tomadas de decisões por parte dos gestores.

Acesse o texto do projeto na íntegra